sexta-feira, 19 de abril de 2013

Dê-me boa noite toda noite.


Eu posso ser mais uma no meio de toda essa multidão que em pé aplaude o seu desfilar encantador mas não é por isso que vou deixar de ser alguém que mereça alguma atenção especial, não é mesmo? Não gosto de desfiles, rótulos e nem mesmo da moda mas me transformo num paradoxo imperfeito toda vez que você passa exalando flores e sabe porque? Consigo enxergá-la além da pele branca que te cobre e pra isso não preciso nem estar lado a lado contigo. Admirando-a de longe consigo olhar e sentir uma luz, um clarão que nasce no seu peito, percorre teu sorriso e é lançada ao mundo. Ela explode uma energia que grita! Você não quer a multidão a te venerar, você só precisa de alguém que acaricie seus cabelos pretos durante a madrugada ao fazer você rir com assuntos banais. Você  já me avistou com seus olhos sorridentes mas de uma vez por todas eu suplico moça, olha pra minh'alma? Desenhe sua silhueta no meu corpo nu e fique assim por certo tempo só pra eu sentir sua luz entrando pelos meus poros a cada respiração ofegante que seus gemidos me causarão. Abra-me a porta, mostre-me seu leque de sonhos e deixa-me trilhar por suas ruas secretas antes que amanheça e a plateia se faça presente.
Aliás é no escuro que sua luz se intensifica. Agora minha vida também.

13 comentários:

  1. Encantador e arrebatador:

    "Admirando-a de longe consigo olhar e sentir uma luz, um clarão que nasce no seu peito, percorre teu sorriso e é lançada ao mundo."


    um excelente final de semana!


    http://princessandfashion.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  2. Cada texto mais forte que o outro, é tão bonito, tão delicadamente forte. Suas palavras são lindas, não sei se é você que escolhe as palavras com carinho ou se são as palavras que te escolhem para escrevê-las, só sei que é sempre um afago vir aqui e poder te ler.

    Beijos, querida.

    www.eraoutravezamor.blogspot.com | semprovas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Lindíssimo.
    É um quê de intimidade que só você consegue exprimir, Letícia.

    Adoro cada vez mais o que você escreve.

    ResponderExcluir
  4. Le, me passa seu email
    aqui no skype não apareceu nada pra aceitar hehe
    a gente tc pelo email mesmo.
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Imaginei uma pessoa especial de pele branca e cabelos pretos enquanto lia seu texto. Escrever bem é despertar essa identificação nas pessoas. Adorei seu texto!

    ResponderExcluir
  6. Há uma doçura incrível nos seus textos, Letícia!

    Lindo, lindo.

    Beijo

    ResponderExcluir
  7. Oi Lê!
    Tenha um ótimo domingo, beijos!

    ResponderExcluir
  8. acho que é isso que dá quando a gente escreve com o peito né? lindo como sempre... ("desenha sua silhueta no meu corpo..." uau!)

    Beijoca

    ResponderExcluir
  9. Muito lindo seu texto. Realmente, não precisamos de muitas pessoas, precisamos apenas de uma que nos complete.

    Beijo

    ResponderExcluir
  10. A gente nunca passa despercebido e fica sem atenção quando distribuímos amor...

    Lindo texto.

    ResponderExcluir
  11. letícia, que lindo esse texto! :) me identifiquei super!

    ResponderExcluir