terça-feira, 23 de outubro de 2012

8 ou 80, por favor.


Todo esse amor que enche meu peito é tão bonito por si só que eu quero demonstrar a todo o custo o quão doce posso tornar o teu viver.
Vai demorar um pouco eu sei, até que você entenda que um sentimento desses vale mais que o valor da tua conta bancária ou então mais do que a moça de corpo bonito e coração duro ali do teu trabalho mas esse dia há de chegar. Meus olhos até encharcam de tanta satisfação por ainda não ter desistido de roubar todo esse seu mundo de menina encantadora que pude enxergar através do primeiro sorriso que a mim tu direcionaste. Minha princesa; Minha maldade; Tu és a fúria d'alma com um toque de piedade; Paradoxo Tóxico; Dualidade, contraste com a felicidade; Aqui há amor por onde eu andar, não hesite ao desfrutar desse bem que tu ainda não conhece nem pela metade. Faço de minhas palavras, nossa verdade.
Só não espere o sol se pôr e a verdade tomar novos rumos significativos em nosso destino.


11 comentários:

  1. amei esse Leticia!!!!!!super beijo p vc

    ResponderExcluir
  2. O amor é lindo demais, e será valorizado sempre... Mesmo que demore um pouco a reconhecer o amor é capaz de amolecer o mais duro dos corações.

    Lindo post.

    ResponderExcluir
  3. Há certas coisas que convém esperar... mas não demais.

    Muito bom

    bjos

    ResponderExcluir
  4. Um belo conto poético
    que o conteúdo é uma bela
    cantada
    onde as promessas de amor
    são adocicadas com belos
    versos de amor
    mui lindo

    Luiz Alfredo - poeta

    ResponderExcluir
  5. Cada vez que te leio tenho mais certeza do quão talentosa és.
    Muito belo.

    ResponderExcluir
  6. sabe, eu não sou tão decidida quanto soei pra você lá no post. eu tenho medos e inseguranças e olha, tenho 23 anos e foi só agora, aos 22 que mirei no lugar certo daquilo que eu queria me dedicar a vida inteira. acho que a vida é assim mesmo, a maturidade vem quando quer...sei lá.

    quanto ao seu post, pra mim é exatamente assim q sempre funcionou a vida: 8 ou 80. não sei ser diferente, mas tenho tentado diminuir os efeitos colaterais.

    beijoca

    ResponderExcluir
  7. Adoro o modo mais sintético com o qual vc descreve tantos sentimentos. \0/

    ResponderExcluir
  8. Olá, olá. Continuo dizendo que eu me encantei com o modo como você escreve. E esse texto é mais uma prova disso.
    Ah... Fico tão feliz em ler seu comentário. É bom saber que você se identificou comigo. Eu tenho muito dessa coisa de escrever sobre o que me vem à mente, mas não necessariamente o que eu vivo ou quero viver. É pra fugir um pouco da realidade e da rotina, acredito eu.
    Quanto ao café... Nossa, eu não gosto. Desde criança. Só tomo quando vou à casa de alguém que não conheço, porque não gosto de fazer desfeita. Mas fora isso, já o cheiro me deixa enjoada.
    Enfim, bom te ver por lá, moça. Cuide-se!
    Um beijo, @pequenatiss.

    ResponderExcluir