sexta-feira, 29 de novembro de 2013

E assim, encanto-me.


As vezes no meio da noite abro os olhos assustada para ter a certeza de que está tudo bem comigo, e se de fato sou eu mesma no meu próprio corpo, porque se tem algo que me incomoda é quando meus sonhos escapam repentinamente do controle da minha mente e seguem seus próprios caminhos. Gosto de quando me obedece e logo ao fechar os olhos ele me transporta pra um mundo bonito, um mundo criado por mim, cores, traços, pessoas, cantigas e cirandas para que todas as madrugadas eu me renove no ápice dos bons sentimentos. Como uma ótima menina teimosa que sou, quando se trata de sonhos indesejáveis eu me esforço ao máximo e rapidamente consigo despertar pro mundo real. Ou é do meu jeito ou não é. Terá que ser flor, algodão doce e chuva só se for a de verão! Caso contrário eu faço rima e invento um samba, aliás, não há mal que resista ao meu bem!

2 comentários:

  1. infelizmente a gente não pode controlar tudo sempre. Só me forço a acordar dos sonhos extremamente ruins, que me causam pânico, no mais, deixo-me sonhar.

    ResponderExcluir