terça-feira, 1 de novembro de 2011

Ô Pretinha...


O samba que contém em mim tem fantasias e coreografias para mais de uma dança
É por isso que todas as noites antes de pegar no sono, te chamo:
- Ô amor, samba no meu ser!
Samba no meu ser com esse seu jeito contente e iluminado.
-Ô amor, samba no meu ser!
Samba no meu ser que os nossos movimentos tem o mesmo ritmo, nossos corações o mesmo compasso, samba no meu ser e o resto deixa que eu faço! Eu faço, te faço e me desfaço.
Mas samba amor, samba no meu ser, que ele quer ser, um samba gostoso de se ver!



10 comentários:

  1. Adoreei este cantinho,
    com certeza to ficando por aki *----*

    Passa no meu?
    momentodapathy.blogspot.com
    pathyoliver.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Que fofa. Estou escutando Arctic Monkeys o que em minha mente se tornou samba. Me deu vontade de aprender a sambar essa melodia também. De fazer e se desfazer.
    Bonito texto, Lê. Sambei no seu ser agora.
    Beijo grande, @lovlovemedo.

    ResponderExcluir
  3. A gente abre a passarela e só quer que o ser amado se entregue, desfile, brilhe.

    Que lindo!

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  4. Muito lindo..
    Também não sei o que fazer, por isso desisti do Enem, ainda tenho que me descobrir =)

    ResponderExcluir
  5. que delícia esse texto! ainda que "voyeur", sambei junto! beijocas!

    ResponderExcluir
  6. Lê, adoro a forma madura com que você escreve. Você ainda consegue colocar toda sua vontade nela. muito especial.

    e que amor lindo!

    beijoca

    ResponderExcluir
  7. Precisamos do samba no amor, não é? Sua escrita me fascinou duma maneira que não dá pra explicar. Estou seguindo, quero ler mais de ti.

    ResponderExcluir
  8. E entres sambinhas e sorrisos a vida se torna alegria. :)

    Um beijo!

    ResponderExcluir